RADIO IPB

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Templo de igreja explode após ataque de homens-bomba


27 fev 2012 Nigéria






Uma menina é morta e mais de 30 cristãos ficam feridos após explosão em templo provocada por homens-bomba



Dois homens-bomba do partido Boko Haram dirigiram um carro contra o templo da Igreja de Cristo na Nigéria (COCIN) na manhã de domingo, 26 de fevereiro. Uma menina cristã foi morta e dezenas de cristãos ficaram feridos.
Um homem que alegava ser o porta-voz do Boko Haram assumiu a responsabilidade pela explosão. Os suicidas invadiram o portão da igreja às 7h20, afirma o líder da congregação.
“Quando a explosão passou, vi o corpo de uma menina e quatro pessoas feridas”, conta Yakubu Dutse, diretor financeiro da rede de igrejas COCIN. Dutse afirma que ambos os criminosos foram mortos.
Um dos membros da congregação correu para a cena do crime logo após a explosão; ele disse que viu cinco corpos, e que mais de 35 pessoas ficaram feridas.
A igreja COCIN realiza dois cultos aos domingos, um às 7h e outro às 10h. A segunda reunião foi cancelada, como também aconteceu na maior parte das igrejas em Jos.
O carro utilizado no ataque ficou em pedaços, e mais sete veículos foram destruídos.
Boko  Haram foi o “apelido” dado para o grupo extremista chamado Jama’atu Ahlis Sunna Lidda’awati Wal-Jihad (Pessoas comprometidas com a propagação dos ensinamentos do profeta e com a Jihad) busca impor uma versão muito rígida da shari (lei islâmica) na Nigéria. O home Boko Haram pode ter a tradução livre de “ensinos ocidentais são proibidos”.
COCIN é uma das maiores denominações cristãs evangélicas na Nigéria. Ela se estabeleceu no país em 1904, liderada por uma organização missionária do Sudão.

Fonte: Compass Direct

Nenhum comentário:

Postar um comentário