RADIO IPB

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Por Onde Começa o Erro das Igrejas

Até a sociedade secularizada sabe
os males da impunidade

Os conselhos, juntas, diretórios presbitérios e outros níveis de autoridade dentro das igrejas evangélicas deveriam ter mais coragem para enfrentar os erros doutrinários e práticos nas pessoas sob sua autoridade, inclusive pastores, presbíteros, evangelistas e obreiros.

Deveriam estar atentos, vigilantes, corrigir com amor visando restaurar os faltosos e em última instância, aplicar a disciplina que o Senhor Jesus determinou em Mateus 18.
"A justiça é cega" deveria significar que os
juízes não vêem nada a não ser o direito. Mas
às vezes significa apenas que os juízes
fecham os olhos para os erros dos poderosos.
Na igreja, infelizmente, também.

Quando os responsáveis falham em zelar pela pureza da Igreja, ela se enfraquece, as consciências se corrompem e deixamos um péssimo exemplo para a nova geração. A Igreja perde a autoridade moral e espiritual diante do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário