RADIO IPB

segunda-feira, 12 de março de 2012

Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia fecham igrejas e assassinam cristãos


Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia fecham igrejas e assassinam cristãos
As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – FARC, é a organização responsável por uma guerrilha que já dura anos na Colômbia. Considerada por alguns países e pelo próprio governo colombiano uma organização terrorista, os exército guerrilheiro das FARC já foram acusados de muitos crimes cometidos contra políticos, contra o estado e contra a própria população. A notícia mais recente sobre a atuação de guerrilheiros é de que eles estão fechando igrejas e assassinando cristãos.
Nos últimos meses, as FARC têm perdido forças. Há informações de que seu exército teria reduzido de mais de 20 mil, para menos de 8 mil soldados. Entretanto, isso não bloqueou as atividades do grupo, que tem investido para a retomada de território e reestruturação financeira. Com isso, as igrejas passaram a ser alvo dos rebeldes, já que os cristãos são contra a guerrilha.
Segundo o escritório da Missão Voz dos Mártires, os guerrilheiros impediram o trabalho de um missionário evangélico na região de La Macarena, onde também lhe confiscaram todos os seus materiais, como rádios, bíblias, livros, etc. Além de estarem fechando as igrejas, o grupo tem impedido o entrada de cristãos em determinadas áreas, recentemente queimaram um ônibus para impedir o acesso à região.
O grupo guerrilheiro possui um violento histórico de atrocidades cometidas com cristãos. Só no ano passado foram cinco mortes confirmadas, e em 2012 mais uma família assassinada, um pastor e dois familiares. Mas, apesar de toda incidência de perseguição e violência contra os evangélicos no país, a igreja continua crescendo. Atualmente a quantidade de evangélicos na Colômbia aproxima-se dos 5 milhões.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário