RADIO IPB

domingo, 15 de maio de 2011

Acautele-se contra o diabo

Eis que o semeador saiu a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram. — Lucas 8.5
É preciso estar alertas contra o diabo quando ouvirmos a Palavra. Nosso Senhor nos adverte que o coração de alguns ouvintes é como a "beira do caminho". A semente do evangelho é arrancada pelo diabo quase assim que é semeada. Ela não lhes penetra a consciência. Não lhes causa a menor impressão na mente.

O diabo, sem dúvida, anda por toda parte. Esse espírito malicioso esforça-se incansavelmente para nos causar dano. Está sempre atento às nossas hesitações e buscando ocasião para destruir nossa alma. Mas talvez não haja lugar onde o diabo seja mais ativo do que na congregação dos ouvintes do evangelho. Não há outro lugar no qual ele trabalhe tão arduamente para estancar o progresso do bem e impedir que homens e mulheres sejam salvos. Dele procedem as divagações do pensamentos as imaginações fortuitas, a apatia mental e as recordações aborrecidas, os olhos sonolentos e a inquietação nervosa, os ouvidos enfastiados e a falta de atenção.

Em todos esses obstáculos, a mão de Satanás tem grande participação. As pessoas perguntam-se de onde procedem essas coisas e estranham por acharem os sermões tão maçantes e por quase não se lembrarem deles! Esquecem-se da Parábola do Semeador. Esquecem-se do diabo.

É preciso cuidar para não ser ouvintes "à beira do caminho". Estejamos precavidos contra o diabo. Sempre o acharemos na igreja. Ele jamais fica longe das ordenanças públicas. Lembremo-nos disso e estejamos em guarda. Calor, frio, seca, umidade, tempo chuvoso, aguaceiro, neve, são intempéries sempre temidas pelos que vão à igreja, e usadas como razão para deixarem de ir ao culto. Mas há um inimigo ao qual deveriam temer mais do que todas essas coisas juntas: Satanás.


Autor: J. C. Ryle (1816–1900)
Fonte: Day by day with J.C. Ryle, Eric Russell, Christian Focus Pub.,p. 345
Tradutor: Marcos Vasconcelos
www.mensreformata.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário